João Calvino (1509-1564): Oração Pela Salvação de Todos os Homens


Em seguida oramos, graciosíssimo Deus e misericordioso Pai, por todos os homens em geral. Como o Senhor deseja que todos os homens te reconheçam como Salvador do mundo, através da redenção obtida mediante nosso Senhor Jesus Cristo, possam aqueles que não te conhecem, estando na escuridão e cativos da ignorância e erro - possam eles, pela luz do nosso Santo Espirito e pela pregação do teu evangelho, ser levados ao caminho da salvação, que é conhecer a Ti, o Senhor, o único e verdadeiro Deus, e Jesus Cristo o qual tu enviaste.

Possam aqueles que já visitaste com tua graça, e iluminaste pelo conhecimento de sua Palavra, crescer em toda bondade, enriquecidos pelas bençãos espirituais, a fim de que, juntos, possamos todos te adorar com o coração e a voz, honrando e glorificando a Cristo, nosso Mestre, Rei e Legislador.

Da mesma maneira, Ó Senhor de toda consolação, nós encomendamos a Ti todos aqueles que visitas e castigas com a cruz e tribulação, seja pela pobreza ou prisão, doença ou exílio, ou aflição de corpo ou mente. Que tu tornes conhecido para eles teu amor paternal, e lhes assegure que teu castigo é para a reforma de vida. E possam eles de boa vontade voltar a Ti, sendo convertidos, recebendo teu conforto, sendo libertados de todas as aflições.

Finalmente, Ó Deus e Pai, concede também que nós, que estamos reunidos aqui no nome de Jesus para ouvir tua Palavra, possamos, sem dissimulação ou hipocrisia, reconhecer que por natureza estamos perdidos, que nós merecemos tua punição, e diariamente colher condenação para nós mesmos por nossas vidas miseráveis e desordeiras. Ajuda-nos a ver que em nós não há nada de bom, e que esta carne e sangue não podem herdar o teu reino. Possamos com alegria e com confiança submetermo-nos ao nosso Senhor Jesus Cristo, nosso único Salvador e Redentor. E que ele possa viver em nós de modo que, nosso velho Adão posto à morte, possamos nos levantar para uma nova e melhor vida, para a glória e honra do teu nome.

Fonte: Beatitudes: sermões sobre as bem-aventuranças. João Calvino; tradução de Julio Zabatiero. São Paulo. Fonte Editorial, 2008. 120p.